Políticos Mafiosos Querendo Ser a Justiça


    O Congresso do Brasil realmente nos surpreende negativamente a cada dia que se passa.

    Mas o que seria o Congresso Nacional?

    Vejamos:

O Congresso Nacional é o órgão constitucional que exerce, no âmbito federal, as funções do Poder Legislativo, quais sejam, aprovar leis e fiscalizar o Estado Brasileiro (suas duas funções típicas), bem como administrar e julgar (funções atípicas).

    E ai está o que seria o Congresso Nacional, só frisando que nosso Congresso é composto por duas casas, sendo o Senado Federal, com 81 Senadores, e a Câmara dos Deputados, com 513 Deputados Federais. Lembrando também que os Senadores representam as 27 Unidades Federativas, sendo 26 Estados e o Distrito Federal, e os Deputados representam o povo, isso mesmo caros amigos pagadores de impostos extorsivos, são 513 Deputados Federais que eram para estar ali representando e lutando para as melhorias necessárias para sanar os meus e seus problemas através de leis.

    Mas não é isso que acontece, pois a maioria desses senhores que se alimentam nas "tetas" do governo, não se preocupam com o povo, não se interessam pelo bem estar dessa nação. Pois o tempo que estão perdendo imaginando leis para a melhoria do andamento desse país, é um tempo
perdido, um tempo jogado fora, pois normalmente desejam usar esse precioso tempo manipulando as leis em favor próprio, usando em mais uma falcatrua, em mais um caminho a ser tomado para subtrair o dinheiro público, se corrompendo ou simplesmente usufruindo das vantagens pagas
por essa população sofrida.

    E depois de conhecermos esses ditos "cidadãos da vagabundagem", ainda abrimos alguns jornais e temos o desprazer de vermos notícias desse Congresso infame tentando tomar para si o poder de decidir em cima da justiça. Assim como essa abaixo:

"24/04/2013 12h30 - Atualizado em 24/04/2013 20h39
CCJ da Câmara aprova poder de veto do Legislativo a decisões do STF 
Texto permite que Congresso barre inconstitucionalidade de emendas.
Proposta ainda vai ser analisada por uma comissão especial.

José Genoino e João Paulo Cunha participam de sessão da CCJ que aprovou projeto que submete decisões do STF ao Congresso.

A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara aprovou nesta quarta-feira (24) proposta de emenda à Constituição que dá ao Congresso o poder de derrubar decisões do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre emendas constitucionais. A proposta ainda precisa ser analisada por uma comissão especial na Câmara antes de ser votada no plenário.
Uma das modificações propostas pela PEC estabelece que quando o STF decidir pela inconstitucionalidade de uma emenda à Constituição, o Congresso poderá rever o ato do tribunal.

O texto foi aprovado por votação simbólica na CCJ. Participaram da aprovação os deputados petistas José Genoino e João Paulo Cunha, membros titulares da CCJ que foram condenados pelo STF no processo do mensalão."


    Vamos tentar entender, estão tentando passar o poder de decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) para o Congresso, o mesmo Congresso que tem as tais Comissões com alguns membros ladrões, corruptos, racistas entre tantos outros Deputados sem moral, sem caráter.

    Eu já tinha postado um texto antes  tentando mostrar a todos sobre as ditas Comissões, com o título de "Raposas no Galinheiro. Políticos, Vocês me dão nojo!", mas ainda assim gostaria de frisar sobre a tal Comissão de Comissão e Justiça, que tomou a decisão de dar ao Congresso o poder de derrubar as decisões do Supremo Tribunal Federal, (STF) sobre emendas constitucionais, essa Comissão tem como membros nada mais nada menos que o senhor Genoino que foi condenado a 6 anos e 11 meses de prisão em regime semiaberto por corrupção ativa e formação de quadrilha, e o senhor João Paulo Cunha que  deverá  cumprir 9 anos e 4 meses de prisão em regime fechado por peculato, lavagem de dinheiro e corrupção passiva, e também não poderíamos esquecer o tão conhecido senhor Paulo Maluf que é procurado em 181 países, e está sendo caçado em todo planeta pela INTERPOL, a polícia internacional, e será preso se desembarcar em nada menos do que 181 países do mundo. Sua ordem de captura foi expedida em 2007 pela Justiça de Nova York sob a acusação de conspiração, fraude e roubalheira de dinheiro público por, como prefeito (1993-1997), ter entre outras coisas supostamente desviado recursos das obras da Avenida Jornalista Roberto Marinho (ex-Água Espraiada) para contas em entidades financeiras de Nova York, de onde a dinheirama teria se espalhado para a Suíça, o Reino Unido e o paraíso fiscal britânico da Ilha de Jersey, no Canal da Mancha.

    Esses são alguns dos "honestíssimos" integrantes da Comissão que deseja dar a possibilidade de veto nas decisões do Supremo Tribunal Federal (STF).

    E para quem não sabe o que seria o STF, vejamos abaixo:

O Supremo Tribunal Federal ( STF ) é a mais alta instância do Poder Judiciário do Brasil e acumula competências típicas de Suprema Corte (tribunal de última instância) e Tribunal Constitucional (que julga questões de constitucionalidade independentemente de litígios concretos). Sua função institucional fundamental é de servir como guardião da Constituição Federal de 1988 , apreciando casos que envolvam lesão ou ameaça a esta última.


    Portanto, o STF, entre outras coisas, pode julgar e condenar os corruptos e ladrões que se utilizam do Congresso para se safarem das suas vagabundagens, assim como foi feito no processo do mensalão.

    Como e sabido, o Brasil se divide em 3 poderes, o Executivo, o Legislativo e o Judiciário, e como é sabido também um poder não pode interferir em outro, sendo assim com essa PEC, o Congresso passa a ser um órgão revisor, mas quem interpreta a lei é o judiciário, portanto ninguém mais pode rever.
    Essa proposta vem do Partido dos Trabalhadores (PT), e é uma "retaliação" da sigla ao Supremo por causa do julgamento do mensalão, no qual foram condenados integrantes da legenda, como o ex-chefe da Casa Civil José Dirceu.


Esses hipócritas Querem amordaçar o Ministério Público, querem controlar a mídia e agora querem submeter o Supremo a um poder menor, tudo a seu bel prazer.

    E tudo isso porque surgiu a frente do STF, um líder honesto, que é uma raridade no poder público desse país. Para quem não está ligando a palavra "honesto" a pessoa do líder em questão, menciono o nome do Ministro Joaquim Barbosa, atual Presidente do Supremo Tribunal Federal, o mesmo que assumiu em 2006 a relatoria da denúncia contra os acusados do mensalão feita pelo Procurador-Geral da República, Antonio Fernando de Souza. Durante o julgamento defendeu a aceitação das denúncias contra os quarenta réus do Mensalão, o que foi aceito pelo tribunal. O julgamento agora aguarda recursos dos réus. Revertendo o fato histórico de o STF, desde sua criação em 1824 , nunca ter condenado nenhum político.

    E agora os hipócritas, corruptos, ladrões do dinheiro público, ao ver a frente do STF um Presidente com características justiceiras e honestas, querem se sobrepor as decisões tomadas por ele, levando para o "congresso latrina", o poder da justiça, para que assim não haja o mínimo de possibilidade, após roubarem descaradamente essa nação e seus filhos patriotas, que enriquecem os cofres do governo com o pagamento de seus impostos, irem parar atrás das grades onde que é o lugar dos marginais.

    Para terminar, essa  interferência de poder clara e nítida, não poderia ter recebido a admissibilidade pela Comissão de Constituição e Justiça, pois sendo assim se tem uma interferência de poderes. E a separação de poderes é uma cláusula pétrea. Interferir em outro poder é uma coisa
desonesta, hipócrita e sem moral.

    A máfia novamente tentando por meios obscuros tomar conta de algo que poderia utilizar para livrar seus integrantes vagabundos  das cobranças quando fizessem algo que desabonasse suas condutas, ou seja, justiça e lei só seria utilizadas para cobrar do povo e nunca desses políticos
ladrões.

    Como eu disse acima, o Congresso Nacional me surpreende negativamente a cada dia que passa, e com isso a cada dia também tenho mais nojo de políticos.

    Só não se esqueçam que tudo isso partiu do tão aclamado partido político PT, o mesmo PT  que essas pesquisas de opinião popular, na qual eu não acredito nem um pouco, pois acho que são todas compradas e manipuladas, colocam com um grande percentual de aceitação.

    Quem quer tomar para si as decisões judiciais, adulterar números de pesquisa é muito simples.

Brasil país das vergonhas e dos políticos sem caráter, e se continuar assim será o Brasil sem justiça.


    Sou um cidadão brasileiro, pago impostos e vivo num país democrático, por isso eu falo e assino embaixo.

Carlos Oliveira.

6 Comentários:

Pri disse...

Nossa esta cada dia mais difícil, realmente supreendendo negativamente todos os dias, concordo plenamente com o texto, realmente da nojo.

Pri disse...

Alguma coisa tem que ser feita, estamos virando reféns!

Anônimo disse...

vergonha e nojo desses políticos brasileiros.

Anônimo disse...

É O cúmulo da falta de vergonha e caráter. Esse Brasil nas mãos desses ladrões está cada dia pior. Parabéns pelo texto explicativo, nota 10.
Profº Arnaldo Barreto.

Valeska Duarte disse...

É o verdadeiro "GOLPE DE ESTADO" contra a CF/88 e a DEMOCRACIA!!!!!!!

Anônimo disse...

Texto excelente !

Postar um comentário

 
Copyright ©2012 Explodindo a Hipocrisia Todos os Direitos reservados | Designed by Yasmin de Template Para Download | Supported by YesRank