Diga Não a Enganação! Brasil Ainda Acordado

    Decididamente e visivelmente o Governo Federal, com a porta voz,
Dilma Rousseff,  anda um tanto perdido com as manifestações em todas
as regiões do nosso imenso Brasil.

    Após 10 anos de governo do mais mafioso partido político
brasileiro, enfim o povo esgotado de tanto abandono por parte dos
governantes, foram as ruas mostrar sua indignação. Indignação essa
que muitos políticos de início acharam ser algo esporádico, não
dando o real valor a causa, não se importando muito com a voz do
povo. Mas esse mesmo povo tão desacreditado pela corja política,
mostrou a que veio. E de pouco a pouco foram unindo as forças,
juntando multidões, aumentando a voz, pressionando os governantes
vencendo batalhas, calando a boca dos hipócritas e amedrontando
os ditos poderosos maus caráteres tanto do poder municipal,
estadual quanto federal.

    Estão sendo dias e dias de encontros, ora pacíficos, ora
tumultuados. Os hipócritas políticos mostrando seus desesperos,
colocando a força policial nas ruas com o único intuito de aumentar
o tumulto, com agressões ao povo, e tentar mostrar que o povo está
passando do seu limite de cobrança. Tentando desesperadamente fazer
calar a poderosa voz de cidadãos que contribuem rigorosamente com
seus impostos altíssimos, impostos esses que pagam os salários dessa
mesma força policial que hoje agride covardemente o povo, e também
os salários milionários e todas as mordomias dessa corja de
políticos sujos e vagabundos.

    Mas mesmo com todas essas artimanhas desses cretinos
engravatados e de vestidos aveludados, o povo guerreiro não recuou,
e muitos mais cidadãos se uniram a diversas causas, fazendo assim
crescer e fortalecer o grito de guerra, que mesmo sendo uma luta
por tantas causas, se unificava a uma só, o desejo mutuo de serem
respeitados como cidadãos pagadores de impostos, cidadãos que
movimentam a economia do país, cidadãos que desejam ser vistos como
cidadãos e não como idiotas patrocinadores de mordomias de grupos de
mafiosos.

    Desesperados e sem ações que não fosse induzir a violência da
força policial contra manifestantes que já tomavam as grandes
capitais, dezenas de municípios e logicamente o Distrito Federal, os
tais governantes hipócritas, ironicamente pela pressão do povo mudaram
seus discursos. Como viram que a força maior, com menor sinal de
dúvida é a voz do povo, logicamente nada mais hipócrita do que
abraçarem a causa, e se demonstrarem solidários.

    Mas ser solidário e jogar palavras ao vento nada vai resolver
para a melhora da nação, temos que ter ações, e o povo que está
atento sabe que esse e o caminho, e como nada de concreto nos
discursos dissimulados da corja política foi mostrado, o povo toma
a decisão de manter os protestos, pois é ridículo por parte desses
políticos que nadam por anos a fio nas mordomias patrocinadas pelos
cidadãos acreditarem que reduzindo R$ 0,20 em passagens do
transporte coletivo iam fazer o povo se calar.

    Não, não vai. É muito mais que isso.

    Essa luta é pelos altos preços que pagamos por serviços e
consumos, é pela falta de hospitais e profissionais de saúde, e
pelos nossos filhos que não tem uma escola pública descente, é pelas
rodovias municipais, estaduais e federais que estão deterioradas e
causando acidentes e mortes, é pela corrupção desenfreada dentro dos
poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, é pela falta de
vergonha na cara de Deputados e Senadores que trabalham pouco e
recebem um salário exorbitante e ainda fazem suas jogatinas sujas
para desviar mais dinheiro dos cofres públicos, é pelo roubo que o
Governo Federal faz ano após ano em nossos aposentados e
pensionistas, é pela falta de investimentos no transporte público,
é pelos gastos de 30 bilhões de reais em obras superfaturadas em uma
copa do mundo que não traz nada de melhorias a população, é pelas
campanhas eleitoreiras antecipadas com balelas e inaugurações
inacabadas e superfaturadas   pagas com o dinheiro público, dando
vantagens a empreiteiros tão pilantras e maus caráteres como os
próprios politicos corruptos. Enfim, são tantas discordâncias,
tantas sujeiras, tantas as cobranças a serem feitas, que se
continuasse a enumerá-las aqui ficaria por dias digitando.

    E veio a então Presidente da República no sua primeira tentativa
de iludir ao povo com palavras decoradas, num discursinho sem noção,
parecendo então uma pessoa alienada aos problemas da nação. Não sei
se manipulada pelo "senhor das balelas" e padrinho da dita
Presidente Dilma, o caro senhor "não sei de nada", "não fui eu" e
"não estava lá", o espertalhão Lula da Silva, só sei que a senhora
Dilma, em seu discurso para acalmar os ânimos populares, estava
completamente perdida nas palavras, se notava uma leve tensão de
ansiedade e uma grande tentativa de não deixar transparecer esse
nervosismo de recém chegada a um debate grandioso.

    E ela falou, falou e falou, rodeou nas mesmas palavras por
dezenas de vezes, sem ter na verdade o que falar, pois como uma boa
política de carreira, não acreditava que o povo um dia ia dar um
basta, se unindo e usando dessa união popular para parar o Brasil, e
chamar a atenção de todo o planeta para a insatisfação e repúdio que
a nação tem dessa máfia política.

    E as manifestações não pararam, a senhora Presidente não teve
poder nas palavras para frear a vontade de gritar por respeito que
nosso povo ecoava pelas ruas em todos os cantos do Brasil.

    E agora o que fazer?

    O Governo acuado pela união dos que pagam seus salários e suas
mordomias, ao ver que nada adiantou as balelas jogadas em redes
nacionais e em horário nobre, tenta mais uma vez abaixar a poeira, e
espalha aos sete ventos que vai se reunir com os "poderosos
governadores assustados" e os "super prefeitos acuados", para que
assim definam uma saída na tão pegajosa teia de aranha que
conseguiram se meter. E se não fosse só isso, ainda a "Suprema Chefe
de Estado" abre as portas para o grupo do "Movimento Passe Livre"
(MPL), que foi o movimento que iniciou as manifestações. E nas
palavras da senhora Presidente da República, ia ter esse encontro
para ela saber qual era a necessidade do povo.
Minha cara Presidente, o povo paga uma fortuna a esses deputados
desocupados para que esses desocupados façam leis nas quais
serviriam para melhorar a vida do cidadão pagadores de impostos, se
a senhora, minha cara Presidente, precisa trazer um grupo  de jovens
para que esse grupo traga as necessidades do povo brasileiro para
que seja debatido, das duas uma, ou a senhora não está dando chance
de diálogo aos deputados, que tem a obrigação de saber as
necessidades do povo, para que assim sejam feitas as leis para sanar
essas ditas necessidades, ou esse bando de vagabundos não estão
cumprindo seus papeis junto ao congresso. Se caso isso for, seria
muito mais prático e econômico contratar o grupo do MPL, e descartar
de vez esses deputados e Senadores juntamente com todos seus
assessores e suas mordomias.

    Mas voltando ao foco das manifestações e do desespero e falta de
ação dos governantes, após essa balela toda entre a Presidente da
República, Ministros, Governadores e Prefeitos, lá me vem novas
palavras perdidas para enganar o povo. Promessas de ações que se
forem feitas teríamos resultados a médio e longo prazo, tempo
suficiente para mais discursos eleitoreiros, hipócritas e de
enganação.

    Se falou em investimentos em saúde, se falou em investimento em
transportes, se falou em reforma política, se falou em plebiscito,
se falou em constituinte, foram falando e inventando, enchendo os
ouvidos do povo de balelas e manipulações para se ganhar tempo,
coisas do tipo do o investimento para educação, projetos que estão
mofando no congresso para serem votados, e nunca seriam prioridade
caso não houvesse as manifestações.

    Portanto para finalizar, que fique bem entendido, que toda essa
conversa até agora nada mais é que balelas eleitoreiras, balelas
para segurar o poder, balelas para enganar o povo, balelas para
fazer a poeira abaixar.
Por isso é essencial a presença do povo nas ruas, nas redes sociais,
nos debates entre amigos, para não deixar nosso Brasil adormecer
novamente sem tirarmos esse câncer maligno, chamado de corrupção,
que consome as forças de nosso país e levando o mesmo e seu povo
pouco a pouco para a morte eterna.

    As balelas conhecidas dos hipócritas conhecidos não podem mais
nos enganar, chega de Dilma, de Lula, de Sarney, de Collor, de
Cabral, de Renan, de Feliciano, de Fernando Henrique ou qualquer um
desses hipócritas vagabundos que só sugam o Brasil mamando nas tetas
do governo e massacrando os trabalhadores, os aposentados, o povo em
geral.

    Brasileiros, não deixem o gigante adormecer enquanto a corja
rouba na surdina. Vamos para as ruas, com vontade de vitória, de
modo pacífico, com patriotismo e juntos faremos um Brasil melhor

    Sou um cidadão brasileiro, pago impostos e vivo num país
democrático, por isso eu falo e assino embaixo.

Carlos Oliveira.

4 Comentários:

Anônimo disse...

parabéns ....Se cada um afazer sua parte esclarecendo e colocando sua opinião..logo levantaremos esta nação...orfã!

Binee disse...

É isso ai..O Brasil está acordando de um sono profundo,chega de corrupção..NÃO a PEC37... queremos saúde,educação já para o povo brasileiro!

Anônimo disse...

Falou tudo

Aninha S. disse...

É gratificante ver esses políticos ladrões encurralados. É maravilhoso ver nosso povo lutando por seus direitos, deixando claro que não vai mais aceitar ser enganado e roubado na cara dura. Joaquim Barbosa não pensa em se candidatar para Presidente; o que é lamentável já que é de uma pessoa com caráter e índole como a dele que nosso país precisa. Mas temos que continuar cobrando: Queremos o nosso dinheiro investido em Saúde e Educação. Avante! O Brasil não pode parar.

Postar um comentário

 
Copyright ©2012 Explodindo a Hipocrisia Todos os Direitos reservados | Designed by Yasmin de Template Para Download | Supported by YesRank